Técnico do Equador considera defesa do Brasil vulnerável

O técnico Sixto Vizuete mostrou nesta quinta-feira que está confiante para o duelo entre Equador e Brasil pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Para ele, a seleção pentacampeã mundial "não joga bem coletivamente" e tem problemas na defesa.

AE, Agencia Estado

19 de março de 2009 | 16h00

Em uma entrevista ao canal Teleamazonas, Vizuete avaliou que "individualmente o Brasil tem suas estrelas, seus jogadores que estão na Europa e adquiriram muita experiência, mas através do tempo vemos que o Brasil não joga bem coletivamente", disse.

O Equador receberá o Brasil no dia 29 de março pela décima rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas. O treinador considera que a equipe dirigida por Dunga é vulnerável. Para ele, o Brasil "é débil na defesa".

Vizuete acredita que o Equador tem muitas virtudes, principalmente por conta do entrosamento, e lembrou que a equipe tem vencido o Brasil quando joga em casa. "Hoje os [jogadores] experimentados que convoquei são os que vão nos dar os três pontos nesta partida, temos que estar otimistas", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.