Técnico do Equador tenta evitar excesso de confiança

Os técnico do Equador, Luis Fernando Suárez, disse nesta terça-feira que o excesso de confiança pode prejudicar sua equipe na partida desta quinta-feira, contra a Costa Rica, em Hamburgo, em que a equipe pode até garantir a classificação para as oitavas-de-final com uma vitória.Para Suárez, a vitória por 2 a 0 sobre a Polônia, na estréia, pode dar à equipe a falsa impressão de que o jogo contra os costarriquenhos, derrotados por 4 a 2 pela Alemanha, serão uma presa fácil. "Este jogo vai ser mais difícil, porque é um time com muitos atributos", afirmou o treinador colombiano.O experiente zagueiro Iván Hurtado, remanescente da equipe que disputou a Copa de 2002, disse que menosprezar o adversário pode ser fatal. "Correr o risco de passar por uma grande frustração, e não é isso que queremos", disse o jogador, recordista de atuações pela seleção - contra a Costa Rica, fará sua 132ª partida com a camisa do Equador.Se a Alemanha vencer ou empatar com a Polônia, nesta quarta, em Dortmund, bastará ao Equador uma vitória simples sobre a Costa Rica para obter a inédita passagem de fase - em 2002, no seu único Mundial, a equipe ficou em último lugar no Grupo G. Nesse caso, decidiria o primeiro lugar do Grupo A com a Alemanha, no dia 20, em Berlim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.