Técnico do Flamengo é absolvido pelo STJD

Caio Jr corria o risco de ser suspenso por ofensas à arbitragem e invasão de campo na Copa do Brasil

Redação,

13 de maio de 2008 | 19h11

O técnico Caio Júnior obteve nesta terça-feira sua segunda vitória consecutiva em menos de 48 horas: após estrear com vitória pelo Flamengo domingo no Campeonato Brasileiro (3 a 1 no Santos), ele foi absolvido na 2ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), da acusação de ofensas à arbitragem e invasão de campo, quando ainda era técnico do Goiás, em jogo com o Corinthians, dia 30 de abril, no Morumbi, pela Copa do Brasil.O resultado do julgamento foi surpreendente e a procuradoria do tribunal vai recorrer da decisão da primeira instância. Na súmula do árbitro Leandro Pedro, está claro o registro dos palavrões que Caio Júnior pronunciou quando entrou no gramado aos 42 minutos do segundo tempo. "Estou muito feliz, essa punição mancharia minha carreira. Estava confiante de que seria absolvido, sou uma pessoa de muita fé", disse o treinador, que compareceu ao plenário.Ele afirmou que os palavrões proferidos não foram direcionados à arbitragem. Que se tratava apenas de um desabafo. "Mesmo assim, eu me sinto envergonhado pelo gesto."Caio Júnior estava denunciado em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Com relação à invasão de gramado, foi absolvido por unanimidade pelos quatro auditores. Já na questão relativa as ofensas, ele conseguiu a simpatia de três dos votantes, com apenas uma manifestação contrária. "Estou aliviado, estava bastante preocupado com o julgamento."

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoCaio Jr.STJD

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.