Técnico do Fluminense exalta luta de Fred e lembra classificação sobre o Grêmio

O esforço do atacante Fred para defender o Fluminense no segundo jogo das semifinais da Copa do Brasil contra o Palmeiras, nesta quarta-feira, no Allianz Parque, foi exaltado por Eduardo Baptista. O técnico elogiou todo o esforço realizado pelo jogador desde que se contundiu no duelo de ida, na semana passada.

Estadão Conteúdo

27 de outubro de 2015 | 13h49

"Ao fim do jogo, já começou o tratamento intensivo. Ele vem evoluindo a cada dia, mérito do departamento médico, mas principalmente do jogador, que tem mostrado vontade e determinação de estar pronto para este jogo. Sabe da importância dele para o time do Fluminense, então está buscando. Lógico que não vai estar 100%, mas há um trabalho forte para que chegue próximo disso", disse.

Eduardo Baptista apontou Fred como um jogador imprescindível para o Fluminense e minimizou o fato do atacante ainda não estar completamente recuperado da torção no joelho e tornozelo esquerdos, garantindo que ele poderá atuar em alto nível.

"Se (o Fred) apresentar a mesma forma que apresentou hoje, ele joga. 100% não vai estar, mas acho que esse 100% se completa com a vontade imensa que ele tem de jogar e com a importância que tem para o Fluminense", afirmou.

Eduardo Baptista também avaliou que o Fluminense deverá enfrentar situação semelhante com a enfrentada no segundo jogo das quartas de final da Copa do Brasil, quando avançou com o empate por 1 a 1 com o Grêmio em Porto Alegre após ficar no 0 a 0 no Maracanã.

"Cada time é um time e cada jogo é um jogo, mas a situação é muito parecida. Tirando as características táticas, o restante, a pressão, a situação que envolve este jogo, parece foi colocado um certo favoritismo ao Palmeiras, como também foi colocado ao Grêmio, tudo isso é parecido. Mas cada jogo tem sua história. Foi bom o que fizemos contra o Grêmio, mas temos que começar do zero em São Paulo para que possamos sair de lá classificados", comentou.

Como venceu em casa por 2 a 1, o Fluminense avançará à final da Copa do Brasil em caso de empate ou derrota por um gol de diferença, desde que anote ao menos duas vezes em São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseEduardo BaptistaFred

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.