Divulgação
Divulgação

Técnico do Inter admite atuação ruim em derrota para o Shakhtar

Diego Aguirre revela insatisfação com parte defensiva e saída de bola; Equipe perdeu por 2 a 1 sofrendo gols de ex-colorados

Estadão Conteúdo

24 de janeiro de 2015 | 11h38

Mais de trinta mil torcedores foram ao Beira-Rio para ver o primeiro jogo do Internacional em casa na temporada, mas praticamente só se empolgaram com os gols marcados pelo Shakhtar Donetsk, ambos saídos dos pés de ex-colorados: Taison e Luiz Adriano. A atuação do time gaúcho ficou longe de empolgar e mereceu críticas do técnico Diego Aguirre.

"Tivemos dificuldade para controlar a ofensividade deles. Perdemos muitas vezes a bola na saída, e como eles têm muitos jogadores rápidos e com ritmo de jogo, acabamos sofrendo com isso. Temos muitas coisas para melhorar, mas também apresentamos muitas outras positivas", comentou Diego Aguirre.

O treinador escalou o meio-campo com Aránguiz, D'Alessandro e Eduardo Sasha, mas a proposta de um time veloz não se converteu na prática. "Ainda temos muito o que trabalhar, mas ainda temos tempo para evoluir física e tecnicamente até a estreia na Libertadores", comentou Alex, que entrou no segundo tempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.