Técnico do Irã é demitido após derrota para Arábia Saudita

A federação iraniana de futebol decidiu demitir o técnico Ali Daei após a derrota que o Irã sofreu no sábado à noite em Teerã para a Arábia Saudita nas Eliminatórias Asiáticas para a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. A Arábia Saudita venceu o Irã por 2 a 1 no estádio Azadi, de Teerã, lotado com 100 mil torcedores.

EFE

29 de março de 2009 | 12h27

"Ali Daei foi retirado de seu posto por desejo da torcida, e por não ter assumido suas responsabilidades", afirmou uma fonte da federação, citada pela agência de notícias "Irna".

O Irã saiu na frente com um gol do meio-campo Masoud Shojaei, já no segundo tempo, mas, nos 15 minutos finais da partida, a seleção árabe inverteu o marcador e venceu o jogo.

Em entrevista coletiva, o técnico respondeu às críticas dos torcedores e afirmou que "não foi Ali Daei quem perdeu esta noite, e sim o time nacional".

O Irã está em quarto lugar no Grupo 2 das Eliminatórias Asiáticas, com 6 pontos, atrás da Coreia do Norte, com 10, Coreia do Sul, com 8 e uma partida a menos, e a Arábia Saudita, com 7.

Mais conteúdo sobre:
Futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.