Técnico do Irã quer dominar os nervos para embolar Grupo D

A crise tomou conta do Irã às vésperas do duelo contra Portugal, neste domingo (17), em Frankfurt. Além dos problemas de contusão, o técnico Branko Ivankovic agora se vê às voltas com uma rebelião dos jogadores contra Ali Karimi. No treino de quarta, o meia do Bayern Munique fez uma falta violenta no lateral-esquerdo Madanchi, que virou dúvida para o jogo.O treinador espera dominar o conflito interno entre os jogadores para provocar uma reviravolta no Grupo D. Portugal venceu Angola na estréia, enquanto o Irã perdeu para o México na primeira rodada. Uma vitória iraniana, por tanto, embola a briga por uma das duas vagas da chave para as oitavas-de-final.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.