Técnico do Liverpool declara apoio a Gerrard após briga

O técnico Rafa Benítez, do Liverpool, manifestou nesta quarta-feira seu apoio ao meio-campista Steven Gerrard, que foi preso na madrugada de segunda por suposta agressão ao funcionário de um bar. O jogador ficou detido, só foi liberado depois de pagar fiança e terá de prestar esclarecimentos à Justiça."Steven me explicou o que aconteceu e eu disse a ele que lhe darei todo o apoio que for necessário. Todos no clube farão o mesmo. Ele é uma boa pessoa", disse o comandante.Benítez afirmou, também, que nas próximas semanas Gerrard espera poder concentrar-se apenas em jogar futebol. No dia 23 de janeiro, ele terá de comparecer a uma audiência para defender-se das acusações de agressão, lesão corporal e desordem pública.Caso seja condenado, o capitão da equipe pode pegar até cinco anos de pena. Nesta quarta, Gerrard voltou a treinar no time, mas não falou sobre o episódio com a imprensa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.