Técnico do Liverpool lamenta nova lesão de Lucas Leiva

Volante se machucou logo no começo da partida contra o Manchester City e não tem previsão de retorno ao time

O Estado de S. Paulo

27 de agosto de 2012 | 12h28

LIVERPOOL - O técnico Brendan Rodgers lamentou a nova lesão sofrida pelo brasileiro Lucas Leiva no confronto com o Manchester City, domingo, em rodada do Campeonato Inglês. O volante, que vinha de grave contusão, ainda não tem previsão de retorno ao time.

"É incrível, ele estava trabalhando tanto. Foi brilhante na pré-temporada e aí, durante o aquecimento, sente dores na coxa", lamentou o treinador, que assumiu o time na pré-temporada. "Vamos avaliar a situação dele nesta segunda-feira", informou.

Lucas deixou a partida logo aos 5 minutos ao sofrer um choque com o marcador. Ele apontou dores na coxa e precisou deixar o gramado mais cedo. O jogador vinha tentando acumular uma sequência de jogos neste início de temporada europeia depois de sofrer grave lesão em novembro do ano passado, quando sofreu contusão nos ligamentos do joelho esquerdo.

Após ficar oito meses afastado das partidas, Lucas corre o risco de perder mais algumas semanas, caso a lesão seja confirmada. Neste caso, poderá ficar ainda mais distante do objetivo de voltar à seleção brasileira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiverpoolLucas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.