Técnico do Liverpool pede cautela com contratações

LIVERPOOL - O técnico Roy Hodgson recomendou calma ao Liverpool durante a janela de transferências em janeiro. Na avaliação do comandante, a equipe precisa gastar apenas com jogadores renomados ou que tenham um grande futuro pela frente.

AE, Agência Estado

28 de dezembro de 2010 | 13h00

Apenas na décima colocação do Campeonato Inglês, o Liverpool foi comprado em outubro pelo grupo New England Sports Ventures (NESV) após os antigos proprietários, os norte-americanos Tom Hicks e George Gillett Jr., acumularem enormes dívidas. Ainda assim, a equipe deve investir pouco neste início de ano, segundo indicou Hodgson.

"Como já disse anteriormente a torcedores, o importante não é contratar apenas para ter número. Precisamos de jogadores que possam ter um grande futuro pelo clube, ou jogadores que façam a diferença já no início de 2011", afirmou o treinador nesta terça-feira.

"Estou ansioso para que gastemos nosso dinheiro com sabedoria, para que possamos manter um plantel gerenciável. Não quero uma quantidade enorme de jogadores, que não sejam material para o primeiro time", acrescentou Hodgson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.