Técnico do Liverpool pede desculpas aos torcedores

O técnico Roy Hodgson pediu desculpas aos torcedores do Liverpool durante entrevista nesta sexta-feira, para se redimir das suas declarações após a derrota para o Wolverhampton, na última quarta, quando reclamou da falta de apoio da torcida.

AE, Agência Estado

31 de dezembro de 2010 | 14h31

Contratado nesta temporada, Hodgson está fazendo uma campanha muito ruim no comando do Liverpool. Com a derrota em casa na quarta-feira, o time ficou em 12º lugar no Campeonato Inglês, com apenas 22 pontos, 16 atrás do líder Manchester United.

Diante disso, os torcedores levaram ao Estádio Anfield Road, no jogo de quarta-feira, algumas faixas que pediam a volta do técnico espanhol Rafa Benitez, antecessor de Hodgson no comando do Liverpool e recentemente demitido da Inter de Milão.

Na ocasião, Hodgson reclamou por considerar que os torcedores não estão ao seu lado. "O famoso apoio de Anfield não esteve presente desde que eu cheguei aqui", afirmou o treinador, provocando a revolta de parte da apaixonada torcida do Liverpool.

Assim, Hodgson resolveu se desculpar nesta sexta-feira. "Lamento se ofendi os torcedores de alguma maneira. Não era minha intenção ofendê-los, foi apenas um comentário defensivo", explicou o treinador. "Temos os melhores torcedores do país."

Vivendo essa crise entre técnico e torcida, o Liverpool volta a campo já neste sábado, quando recebe o Bolton em Estádio Anfield Road, pela 21ª rodada do Campeonato Inglês. Resta saber como será a recepção dos torcedores para Roy Hodgson.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiverpoolRoy Hodgson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.