Técnico do Lyon reconhece superioridade do Bayern

Depois da derrota em casa para o Bayern de Munique, por 3 a 0, nesta terça-feira, pelas semifinais da Liga dos Campeões da Europa, o técnico do Lyon reconheceu a superioridade do rival. "É preciso parabenizar esse time. Eles foram melhores em vários aspectos", afirmou Claude Puel.

AE-AP, Agência Estado

27 de abril de 2010 | 18h44

"O impacto físico deles foi impressionante, nunca diminuíram o ritmo. Teríamos que ter feito um jogo perfeito, e não foi o caso", afirmou Claude Puel, após a eliminação do Lyon, que já tinha perdido por 1 a 0 para o Bayern, em Munique, no jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões.

"O placar do jogo foi vergonhoso. Foi uma derrota dura, que tem muito a ver com a expulsão de Cris", disse o treinador do Lyon, ao lamentar o cartão vermelho recebido pelo zagueiro brasileiro no segundo tempo, quando o Bayern ainda vencia por 1 a 0. "A expulsão acabou com as nossas chances."

Segundo Claude Puel, o time francês, mesmo jogando em casa, não soube se impor diante do Bayern de Munique nesta terça-feira. "Tentamos jogar no ataque e pressionar a defesa deles, mas fomos apressados demais quando tivemos a posse da bola", explicou o treinador do Lyon.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiga dos CampeõesLyon

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.