Técnico do Milan compara Kaká a Platini

A fase de Kaká no Milan anda tão boa que nesta quinta-feira chegou a ser comparado com ninguém menos que Michel Platini, para muitos, o maior jogador francês em todos os tempos e também um dos maiores ídolos da história da Juventus, de Turim. A comparação, no entanto, não surgiu de nenhum torcedor entusiasmado com as últimas apresentações do brasileiro no campeonato italiano, mas sim, do técnico do Milan, Carlo Ancelotti. ?Ultimamente ele tem sido decisivo para o Milan. Realmente, é muito semelhante a Platini?, afirmou o treinador. ?Ele sempre sabe em que posição deve estar, jogando de armador ou um pouco mais avançado. Além disso, faz gols´´, acrescentou. O brasileiro, de 21 anos, vem sendo igualmente elogiado pela imprensa. "Em poucos meses, o garoto brasileiro provocou um grande impacto na Liga?, disse o jornal Gazzetta dello Sport em editorial, nesta quinta-feira.?Seu gol diante do Siena (o primeiro na vitória por 2 a 1 e que levou o Milan à liderança do Campeonato) foi um exemplo de sua grande habilidade. Seus passes sempre são precisos, perigosos e criativos. Trata-se de um diamantepuro, extraordinário´´, concluiu o jornal.A comparação com Platini não pareceu descabida para o ex-jogador Casagrande. ?A comparação cabe não exatamente pelas características dos dois, mas pela importância que Kaká pode representar para o clube. Eu não tenho a menor dúvida de que ele vai fazer história no Milan. Ao lado de Van Basten (ex-jogador holandês) deverá ser o maior estrangeiro a atuar no Milan?, previu Casagrande nesta quinta-feira no programa de esportes ?Arena Sportv? - do canal a cabo Sportv. O Milan venceu seus 7 jogos disputados em janeiro e assumiu a liderança do Campeonato Italiano, com dois pontos de vantagem sobre o Roma e cinco sobre a Juventus.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2004 | 16h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.