Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Técnico do Milan entusiasmado com contratação de Ronaldinho

Carlo Ancelotti acredita que o meia brasileiro encontrará o ambiente necessário para voltar a jogar em alto nível

Ansa

16 de julho de 2008 | 10h00

O técnico do Milan, Carlo Ancelotti, afirmou nesta quarta-feira que a contratação de Ronaldinho Gaúcho fortalece a equipe italiana, permitindo a escolha entre "diferentes soluções táticas".Veja também:O desempenho de Ronaldinho nos clubes Ronaldinho dará certo no Milan? Curiosidades da carreira de Ronaldinho Gaúcho   Que Ronaldinho não seja o Ronaldo Ronaldinho promete se comprometer com o Milan Milan anuncia a contratação de Ronaldinho GaúchoPara o treinador, "o clube fez um grande sacrifício e comprou jogadores importantes. Com o material [humano] à disposição, contamos em ser competitivos em todos as frentes"."Nos reforçamos em todos os setores, as soluções são múltiplas e os esquemas táticos possíveis também", afirma Ancelotti, "Ronaldinho traz muito entusiasmo e esse entusiasmo é um elemento fundamental para iniciar da melhor maneira a temporada".Questionado sobre qual a contribuição que o craque brasileiro pode trazer à equipe, Ancelotti respondeu que "Ronaldinho não é um atacante de ofício, gosta de se movimentar bastante na frente, mas é muito prolífico perto do gol"."O que eu espero de Ronaldinho? Alguns anos atrás era considerado o melhor jogador do mundo, aqui no Milan vai encontrar o ambiente certo para voltar à melhor forma", concluiu o treinador.     TITULARIDADE O técnico Carlo Ancelotti recebeu nesta quarta-feira o meia-atacante brasileiro Ronaldinho Gaúcho, novo reforço do Milan, com bastante entusiasmo, mas não garantiu sua presença entre os titulares quando entrar em forma.   Sobre a posição a ser ocupada por Ronaldinho Gaúcho no time do Milan, que já conta com muitos jogadores de suas características - como o também brasileiro Kaká - e ainda pretende contratar um centroavante, Ancelotti se limitou a dizer que ele poderá se alternar "em todo o setor ofensivo".   "Ronaldinho encontrará aqui o ambiente ideal para retomar sua carreira, embora para isso seja necessário que ele recupere toda sua inspiração e não fique preso a funções táticas", afirmou o treinador.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.