Técnico do Milan pede apoio para recuperação de Ronaldo

Ancelotti diz que não pode prever se o atacante conseguirá recuperar o bom futebol após a nova contusão

Redação,

13 de fevereiro de 2008 | 22h32

O técnico do Milan, Carlo Ancelotti, lamentou nesta quarta-feira a lesão sofrida pelo jogador Ronaldo, que deve ficar fora dos gramados por nove meses. O treinador afirmou que dará apoio para ajudar o atacante a se recuperar.   Veja também:   Ronaldo chega a Paris para ser operado de lesão no joelho  O drama de Ronaldo no Milan  Ronaldo conseguirá superar mais uma contusão?   Ronaldo sofreu uma ruptura no tendão patelar do joelho esquerdo durante o jogo contra o Livorno. Ele, que entrou no segundo tempo, ficou em campo apenas três minutos, quando se machucou ao tentar cabecear uma bola.   "Ficamos chateados com o ocorrido e estamos preocupados com Ronaldo", conta Ancelotti, que levou o atacante na última hora para a partida. "Ele tinha condições de jogo. Essas coisas não podem ser previstas."   Ancelotti havia dito antes do jogo que Ronaldo precisava mostrar trabalho para renovar o contrato, que termina no final da temporada, no meio do ano. O técnico não quis dizer se o atacante continuará no Milan.   "É difícil falar se a carreira de Ronaldo acabou ou não. Só o tempo dirá. Estamos chateados com o ocorrido, pois ele sempre trabalhou com seriedade", conta Ancelotti.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.