Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Técnico do Palmeiras teme cansaço antes de clássico com o Corinthians

Eduardo Baptista lamenta pouco tempo para preparar o time para jogo de quarta-feira

O Estado de S. Paulo

20 Fevereiro 2017 | 07h00

Um dia a menos para descansar, viagem longa e pouco tempo para treinar são as principais preocupações do técnico do Palmeiras, Eduardo Baptista. O time tem na quarta-feira, pelo Campeonato Paulista, o clássico com o Corinthians, fora de casa, e em condições consideradas pelo treinador longe das ideais para se ter uma preparação adequada.

Após a vitória por 4 a 0 sobre o Linense, em Araraquara, Baptista disse estar tenso com a falta de tempo para trabalhar. "Nosso primeiro objetivo é recuperar os atletas. O Corinthians está um dia na nossa frente. Jogamos na quinta e jogamos domingo, em um campo pesado, com calor", disse o treinador em entrevista coletiva na Fonte Luminosa.

O Palmeiras jogou no domingo, fora de casa, e retornou para São Paulo de ônibus, em viagem de quase 300 km. Já o rival, enfrentou no sábado o Osasco Audax, também como visitante, porém em um compromisso na região metropolitana da capital. "Vamos preparar um Palmeiras que vai brigar. É um clássico, então, envolve torcida, envolve um clamor, mas precisamos ter equilíbrio", afirmou.

O elenco se reapresenta na segunda-feira à tarde na Academia de Futebol, para treino regenerativo. A definição da equipe para o clássico será na terça à tarde, em trabalho que deve ser fechado à imprensa. Depois do Corinthians, o Palmeiras novamente terá pouco tempo para descansar, pois sábado recebe a Ferroviária, no Allianz Parque.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.