Mohamed Messara/EFE
Mohamed Messara/EFE

Técnico do Panamá elogia postura de seus jogadores: 'Perderam com dignidade'

Hernán Darío Gómez não vê desempenho ruim de sua seleção diante da Bélgica

Estadão Conteúdo

18 Junho 2018 | 16h46

O desempenho do Panamá não foi ruim, como a maioria pensava, e a performance da Bélgica não foi de encher os olhos, como todos esperavam. Os panamenhos até mostraram alguma qualidade e não faltou disposição na derrota por 3 a 0, nesta segunda-feira, em Sochi. Por isso, o técnico colombiano Hernán Darío Gómez elogiou a postura de seus atletas, mesmo com o resultado negativo.

+ Hazard comemora força do conjunto belga em vitória; panamenhos vibram com estreia

+ Treinador se diz satisfeito com desempenho da Bélgica: 'Era o eu que esperava'

"Foi uma experiência incrível para o nosso país e eu acho que o nosso desempenho não foi ruim. Você nunca é feliz quando perde, mas eu disse aos meus jogadores que eles perderam com dignidade", afirmou o experiente treinador, que está em sua quinta Copa do Mundo - também esteve em 1998 como comandante da Colômbia e em 2002 liderando o Equador, e outras duas atuações como auxiliar de Francisco Maturana em 1990 e 1994 no selecionado colombiano.

"A Bélgica é uma equipe de velocidade, de técnica, de gols. Não aconteceu o que as pessoas esperavam, seis ou sete. Me parece que o Panamá foi digno contra um adversário de muito capacidade", continuou.

Ao contrário do técnico, o Panamá fez a sua estreia em Mundiais. Apesar do debute, atuou bem no primeiro tempo e segurou o 0 a 0 diante da chamada "geração belga" - com jogadores como Hazard, De Bruyne, Courtois, Fellaini, Vermaelen, Mertens e Lukaku. Mas tomou o primeiro gol logo no início do segundo tempo e se desconcentrou.

 

"Acho que aprendemos muito com o jogo de hoje (segunda-feira). Foi um dia muito emocionante. Esta é a quinta vez que estou em uma Copa do Mundo, mas parece que foi a primeira. A equipe ainda estava muito emocionada no começo da Copa do Mundo. Mas como o tempo passou, eles foram capazes de se concentrar melhor", avaliou Hernán Darío Gómez.

O Panamá volta a campo na Copa do Mundo contra a Inglaterra, neste domingo, às 9 horas (de Brasília), em Nijni Novgorod.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.