Andrés Cristaldo/Efe
Andrés Cristaldo/Efe

Técnico do Paraguai chora em missa por Cabañas

Gerardo Martino participa de homenagem ao jogador, ferido com tiro na cabeça em bar na Cidade do México

AE, Agencia Estado

30 de janeiro de 2010 | 17h19

O técnico da seleção paraguaia, Gerardo Martino, chorou muito neste sábado em missa realizada pela saúde do atacante Salvador Cabañas, que está internado em estado grave desde o início da semana após ser baleado na cabeça.

A missa foi realizada no centro de treinamentos da seleção paraguaia, no povoado de Ypané, a cerca de 40 quilômetros de Assunção, capital do país. De pé em frente a um altar instalado ao ar livre, Martino não resistiu e chorou bastante durante a reza do Pai Nosso.

Além do treinador argentino, que se retirou da missa sem dar declarações, estavam presentes também os membros da comissão técnica da seleção paraguaia.

Cabañas pertence ao América (México) e foi um dos grandes destaques do Paraguai durante as Eliminatórias da Copa do Mundo da África do Sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.