Geoffroy Van Der Hesselt/AFP
Geoffroy Van Der Hesselt/AFP

Técnico do PSG confirma o retorno de Neymar ao time neste sábado pelo Francês

Última partida do brasileiro com a camisa da equipe parisiense foi no dia 11 de maio

Redação, Estadão Conteúdo

13 de setembro de 2019 | 10h36

Depois de mais de quatro meses, Neymar vai voltar a jogar pelo PSG. Nesse período, o atacante se machucou na seleção brasileira e não disputou a Copa América, sofreu uma acusação de estupro que mais tarde foi desmentida pela justiça e, principalmente, viveu uma novela sem final feliz para sair do Paris Saint-Germain e voltar para o Barcelona. Nesta sexta-feira, o técnico alemão Thomas Tuchel anunciou o retorno do brasileiro ao time diante do Strasbourg, sábado, às 12h30 (de Brasília), no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, pela quinta rodada do Campeonato Francês.

"Sim, claro que (vou relacioná-lo). Estou feliz que o mercado acabou. Agora tudo está claro, estou feliz com o meu grupo. Temos muitos jogadores talentosos, temos o Ney. E isso é certo, não existe mais uma distração, ele pode se concentrar em nós. O retorno dele é necessário, ele é um jogador do PSG e está disponível", afirmou Tuchel, em uma concorrida entrevista coletiva em Paris nesta sexta.

O Paris Saint-Germain lidera o Campeonato Francês com 9 pontos em quatro rodada e não teve o brasileiro em nenhuma das partidas. Neymar estava em negociação para sair até o último dia 2, quando fechou a janela de transferências na Europa, e ele não teve sucesso na sua investida. No mesmo dia, Neymar viajou para os Estados Unidos para jogar pela seleção brasileira nos amistosos contra Colômbia e Peru e só voltou na última quinta-feira a Paris.

"Estou convencido de que ele vai dar tudo para alcançarmos nossos objetivos", avisou o técnico, que sabe que uma das primeiras coisas que Neymar terá de fazer é reconquistar a confiança da torcida do Paris Saint-Germain. Insatisfeita com a situação, torcedores o vaiaram na estreia do time na temporada, há um mês, e mostraram faixas de protesto contra o brasileiro. Pediram a sua saída.

A última partida que Neymar fez com a camisa do Paris Saint-Germain foi no dia 11 de maio, na vitória por 2 a 1 sobre o Angers, pelo Campeonato Francês.

Quem pode fazer sua estreia na equipe também é o atacante Mauro Icardi, que chegou por empréstimo de uma temporada junto à Inter de Milão. O treinador afirmou que o argentino está bem e pronto para entrar em campo neste sábado. "Mauro Icardi deve recuperar seu ritmo. Sua presença na equipe é uma coisa boa, ele poderia jogar amanhã (sábado)", avisou Tuchel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.