Anne Christine Poujoulat/AFP
Anne Christine Poujoulat/AFP

Técnico do PSG diz não ter interesse na contratação de Griezmann

Thomas Tuchel descarta a possibilidade de contratar atacante, que está de saída do Atlético de Madrid

Redação, Estadão Conteúdo

17 de maio de 2019 | 13h38

O técnico do Paris Saint-Germain, Thomas Tuchel, praticamente descartou nesta sexta-feira a contratação do francês Antoine Griezmann, que está de saída do Atlético de Madrid. O treinador indicou que a maior preocupação do time francês no momento é reforçar a sua defesa.

Na avaliação de Tuchel, a contratação do atacante francês seria "não realista". "Griezmann pode jogar em qualquer time do mundo. Agradaria qualquer treinador, mas agora não seria realista para o PSG", declarou o técnico, que já conta em seu elenco com atacantes como Neymar, Kylian Mbappé, Angel Di Maria e Edinson Cavani.

Tuchel admitiu que a preocupação no momento é com a defesa. Porém, não citou nomes que interessam ao clube francês. "Estamos procurando por jogadores com um certo perfil. Temos que ser realistas. Precisamos de jogadores de defesa e temos que começar [as contratações] por aí."

O treinador acredita que as limitações no setor defensivo foram os responsáveis pela temporada abaixo da média da equipe. O PSG conquistou o título do Campeonato Francês com grande antecipação, mas não teve sucesso na defesa dos troféus da Copa da França e da Copa da Liga Francesa. Além disso, foi eliminado nas oitavas de final da Liga dos Campeões, grande obsessão do clube nos últimos anos.

"Precisamos melhorar em um certo número de coisas para a próxima temporada. Temos que criar um time com jogadores mais consistentes, com mais jogadores com capacidade de jogar um grande número de jogos em alto nível", comentou o treinador, novamente sem citar nomes. Ao longo desta última temporada, o time sofreu com seguidas baixas por lesão, casos de Neymar, Thiago Silva, Meunier, Marquinhos, Cavani e Di Maria.

Ao mesmo tempo, Tuchel fez elogios ao seu elenco. "Sabemos muito bem como gerar performance, que é o que mais importa. Mas precisamos de jogadores de defesa e temos que mudar nosso estilo e nossa mentalidade. Mas não muito. É obrigatório mudar isso se queremos evoluir."

Antoine Griezmann anunciou sua saída do Atlético de Madrid nesta terça-feira, após cinco temporadas. No entanto, não revelou e nem indicou qual será o seu destino. O Barcelona desponta como o mais provável destino do jogador campeão mundial com a França na Copa da Rússia, no ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.