Franck Fife/AFP
Franck Fife/AFP

Técnico do PSG não garante Neymar contra o Dortmund pela Liga dos Campeões

Atacante foi poupado do jogo desta quarta-feira por estar com dores na costela

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de fevereiro de 2020 | 19h53

Após o jogo em que o Paris Saint-Germain goleou o Dijon por 6 a 1 e avançou à semifinal da Copa da França nesta quarta-feira, o técnico Thomas Tuchel não garantiu Neymar em campo para enfrentar o Borussia Dortmund, terça-feira, na Alemanha, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

O brasileiro foi poupado da partida no estádio Gaston Gérard por causa de um problema na costela. Segundo o treinador alemão, o caso de Neymar está sendo avaliado diariamente pelo departamento médico do PSG e, por enquanto, o retorno não está confirmado.

Antes de enfrentar o Borussia Dortmund, o time da capital francesa ainda enfrenta o Amiens, sábado, fora de casa, pelo Campeonato Francês. "Vamos decidir jogo a jogo. Não posso dizer agora que se ele jogará 100% em Dortmund, mas o risco diminui a cada dia. Não vamos correr riscos contra o Amiens, isso está claro. Nós temos de conversar", afirmou Tuchel.

"Nós vamos decidir na sexta-feira. Se for minha decisão, ele sempre joga, mas não é assim e devemos ter cuidado. Não podemos arriscar a saúde de um jogador, precisamos ter responsabilidade. É uma decisão médica, o risco é muito grande", completou.

A declaração de Tuchel esclarece o motivo que fez Neymar não voltar contra o Lyon no final de semana e ficar fora novamente diante do Dijon. O treinador não pode ser dar ao luxo de perder o seu principal jogador neste momento importante. O brasileiro acumula três momentos de afastamento nesta temporada e já perdeu 12 jogos.

 

Tudo o que sabemos sobre:
NeymarfutebolParis Saint-Germain

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.