Reuters
Reuters

Técnico do PSV, Cocu passa por cirurgia e retira tumor

Durante a recuperação, ex-jogador holandês será substituído pelo auxiliar Ernst Faber

Agência Estado

27 de março de 2014 | 15h37

EINDHOVEN - O PSV Eindhoven anunciou nesta quinta-feira que o seu treinador, o ex-jogador Phillip Cocu, foi operado com sucesso mais cedo para a retirada de um tumor benigno das suas costas. O clube não forneceu mais detalhes sobre a cirurgia nem o tempo que Cocu, de 43 anos, ficará afastado do seu trabalho.

"O clube e o departamento médico estão satisfeitos com a forma com que a operação aconteceu, mas não estão autorizados a dar maiores informações. O clube faz um pedido urgente para que se respeite a privacidade de Phillip Cocu e deseja a ele muita sorte nesta caminhada para a recuperação da sua saúde. Ele precisará de toda a sua energia", apontou o PSV, em comunicado.

Enquanto estiver fora do dia-a-dia do clube, Cocu será substituído pelo auxiliar Ernst Faber, também ex-jogador do clube. Quando lateral-esquerdo, Cocu passou por AZ Alkmaar, Vitesse, PSV e Barcelona, encerrando a carreira no Al Jazira.

Em 2008 assumiu cargo de assistente na seleção holandesa e trabalhou na comissão técnica que levou a Holanda ao vice-campeonato mundial em 2010. Paralelamente, trabalhava como assistente no PSV, chegando ao cargo de treinador em março de 2012. Sob o comando dele, o time de Eindhoven é o segundo colocado do Campeonato Holandês, seis pontos atrás do Ajax.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolPSVPhillip Cocu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.