Técnico do QPR confirma interesse do Benfica em Julio Cesar

Harry Redknapp confirma que o goleiro está em Lisboa, onde deve se reunir com dirigentes do time português para acertar proposta

O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2014 | 15h08

O acerto entre o goleiro Julio Cesar e Benfica pode estar mais próximo do que se imagina. Harry Redknapp, treinador do Queen's Park Rangers, clube que detém os direitos federativos do brasileiro, já fala abertamente sobre as negociações com o clube português. "Supostamente, o Benfica está interessado nele. A princípio, o Julio já está em Lisboa. Espero que assim seja", disse o técnico, que contou com o arqueiro Robert Green na primeira rodada do Campeonato Inglês, quando foi derrotado por 1 a 0 pelo Hull City.

Domingo, o jornal A Bola, de Portugal, chegou a cravar o acerto entre as partes. Diferentemente do que foi anunciado, no entanto, Julio Cesar não deve rescindir seu contrato com a equipe inglesa por enquanto. Benfica e Queen's Park Rangers pretendem dividir as despesas do salário do jogador, que deve assinar com o Benfica apenas por empréstimo. De acordo com o jornal português, Julio Cesar receberia salário de 500 mil euros (R$ 1,5 milhão) por mês.

O Benfica retoma a posição com alguma carência na posição. O também brasileiro Artur Moraes deve ser negociado a exemplo do que ocorreu com Jan Oblak, esloveno de 21 anos que foi para o Atlético de Madri. Dessa forma, o Benfica deve contar apenas com Paulo Lopes, que atualmente é a terceira opção no gol. Por isso, o time de Lisboa estaria atrás de dois jogadores para a meta. Além de Julio Cesar, outro nome que interessa ao clube nesse momento é o de Orestis Karnezis, titular da Grécia na Copa do Mundo.

Prestes a completar 35 anos, Julio Cesar tenta mais uma volta por cima na carreira. Ele não joga uma partida oficial desde o 3 a 0 da seleção brasileira diante da Holanda, na decisão do 3º lugar da Copa do Mundo, em Brasília. O camisa 12 se tornou o goleiro brasileiro mais vazado na história das Copas, sofrendo 18 gols nas edições de 2006 e 2014. Sem espaço no Queen's Park Rangers, o jogador estava emprestado ao Toronto, do Canadá.

Julio Cesar não fez uma Copa do Mundo ruim, apesar da marca negativa, sobretudo pelos ,10 gols sofridos nas duas últimas apresentações do Brasil: 7 a 1 para a Alemanha e 3 a 0 diante da Holanda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.