Paul Hackett/Reuters
Paul Hackett/Reuters

Técnico do QPR sugere que Julio Cesar deixe o clube

Titular na seleção e reserva no Queens Park Rangers, goleiro brasileiro vive momento de incertezas

AE, Agência Estado

27 de setembro de 2013 | 16h42

LONDRES - Goleiro titular da seleção brasileira que vai buscar em casa o hexacampeonato da Copa do Mundo, mas reserva de um time pequeno que joga a segunda divisão do Campeonato Inglês. Essa contradição na carreira de Julio Cesar está com os dias contados. De acordo com o técnico do Queens Park Rangers, Harry Redknapp, a tendência é o brasileiro deixar o QPR na próxima janela de transferências.

Questionado sobre se Julio Cesar fica no clube depois da janela de janeiro, Redkapp respondeu: "Acho que se o Rob Green estiver bem... O Júlio Cesar precisa jogar antes da Copa do Mundo. Imagino que haverá outro lugar para ele. Tem que ter um grande clube para ele porque é um dos melhores goleiros."

Goleiro reserva da Inglaterra na última Copa do Mundo, Robert Green começou bem a temporada e é titular do gol do QPR. O cenário não deve mudar em breve, até porque Julio Cesar se machucou e vai ficar, segundo Redknapp, dois meses afastado.

"O Green começou a temporada como titular e tem sido fantástico. No momento a posição é dele, se continuar jogando assim até o fim da temporada. O Júlio é um grande goleiro, infelizmente ele quebrou os dedos. Então, está por fora durante oito semanas de qualquer jeito", disse o treinador.

Para ele, Julio Cesar já deveria ter deixado o QPR em julho, depois que o clube londrino caiu para a segunda divisão do Inglês. "Fiquei surpreso que, durante o verão, nenhum grande clube o tirou daqui. Realmente não acreditei. Achei que ele poderia ter ido para qualquer clube grande que precisasse de um bom goleiro."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.