Marcos Brindicci - Reuters - 14/12/2014
Marcos Brindicci - Reuters - 14/12/2014

Técnico do Racing diz que Centurión reforçará o São Paulo

Diego Coca, treinador do campeão argentino, diz que camisa 10 decidiu aproveitar a oportunidade oferecida

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

29 de janeiro de 2015 | 15h52

Se as palavras de Diego Cocca forem literais, Ricardo Centurión chegará ao São Paulo nos próximos dias. O técnico do Racing não relacionou o meia para o amistoso contra o Villa Dálmine, nesta quinta-feira, e já começa a testar a equipe sem seu camisa 10, que espera um desfecho para a negociação.

Cocca justificou a ausência pelo fato de o jogador já ter definido sua transferência e não o colocou em campo para evitar qualquer tipo de lesão que pudesse atrapalhar o negócio. "Existem jogadores que não se pode substituir, e ele é um. Eu sou o técnico, não o dono dos jogadores, o Centurión tomou a decisão de aproveitar essa oportunidade e vou bancar até a morte. É impossível dizer não para algo assim", disse o treinador ao diário argentino Olé.

Comparado a Di María pelo estilo driblador, Centurión já havia se atrasado em um treino da equipe, mas o Racing negou que o fato estivesse atrelado às conversas. O jogador já manifestou seu desejo de sair para comissão técnica e diretoria; seu salário de R$200 mil no Brasil será cerca de seis vezes o que recebe em Avellaneda.

A expectativa é que o Racing e São Paulo se acertem e Centurión seja confirmado como reforço até o fim da semana. Os clubes continuam conversando e negociam o valor a ser pago pelo jogador. O clube brasileiro ofereceu 4 milhões de euros por 70% dos direitos, equanto os argentinos esperam 900 mil euros a mais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.