Técnico do Real Madrid defende Gareth Bale de críticas

O técnico do Real Madri, Carlo Ancelotti, defendeu o criticado meia de seu time Gareth Bale, dizendo que o jogador galês sofre as consequências da má forma de seus companheiros de equipe, mas que havia melhorado seu rendimento coletivo em uma temporada difícil.

REUTERS

16 de maio de 2015 | 17h24

Bale marcou apenas três gols nos últimos 19 jogos que disputou, e tem sido criticado por não apresentar um jogo coletivo numa temporada em que o Real Madrid não deve conquistar nenhum título.

O galês falhou em causar o mesmo impacto que havia provocado em seu primeiro ano na Espanha, quando marcou importantes gols na conquista da Liga dos Campeões e da Copa do Rei.

Após a eliminação da Liga dos Campeões pelo Juventus na quarta-feira e a derrota para o Atlético de Madri na Copa do Rei, em janeiro, a única pequena esperança de título para o Real é o Campeonato Espanhol, em que se encontra a quatro pontos do líder Barcelona, faltando dois jogos para o fim da competição.

Bale foi vaiado pela torcida do Real no jogo contra o Juventus, após ter desperdiçado algumas chances de marcar no segundo tempo.

“Ele teve bons momentos quando o time estava em boa forma, e sofreu quando o time jogou mal”, disse o treinador italiano em uma coletiva de imprensa. “É difícil avaliar a temporada de um jogador que teve lesões, mas ao mesmo tempo em que houve algumas pequenas questões, ele progrediu e se acostumou a jogar para a equipe.”

Tudo o que sabemos sobre:
FUTESPANHOLMADRIDBALE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.