Técnico do Real Madrid não tem medo de perder o emprego

O técnico do Real Madrid, o italiano Fabio Capello, disse nesta sexta-feira que não está com medo de perder o emprego, mesmo que a equipe volte a tropeçar dentro do Estádio Santiago Bernabéu - no sábado, os madrilenhos receberão o Betis, pela 23.º rodada do Campeonato Espanhol.Na última partida disputada em casa, válida pela 21.ª rodada, o Real perdeu para o Levante, um dos piores times da competição, por 1 a 0. "Não estou preocupado. Eu sempre disse que cumpriria o meu contrato. Porém, é claro que uma seqüência de resultados positivos é importante para que eu gere confiança dentro do clube", contou Capello.A atuação do Real nos últimos jogos foi muito criticada pela torcida, que inclusive chegou a vaiar o treinador. Além disso, a reformulação proposta por Capello ainda não deu resultado. Ele se desfez de alguns jogadores experientes, como Ronaldo, para apostar em revelações, como o argentino Higuaín, ex-River Plate.Sob o comando de Capello, que chegou ao clube após a Copa do Mundo da Alemanha, o Real ocupa a terceira posição do Campeonato Espanhol, cinco pontos atrás do líder Barcelona. Segundo a imprensa européia, o treinador, que assinou contrato por três anos, ganha cerca de US$ 1 milhão por mês.Confiança em RobinhoCapello ainda falou sobre Robinho e disse que confia no potencial do brasileiro. "No último mês, ele atuou por cinco partidas seguidas. No entanto, tenho um elenco grande e preciso fazer rodízio. Em algumas oportunidades os jogadores deixarão a titularidade para que outros possam atuar."No começo desta semana, Robinho declarou que estava insatisfeito por ficar no banco de reservas e que gostaria de procurar um novo clube. No entanto, o próprio brasileiro disse ao site do clube que acreditava em viver um novo momento no Real.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.