Sergio Perez/Reuters
Sergio Perez/Reuters

Técnico do Real Madrid, Zidane admite a possibilidade de assumir a seleção da França

'É algo que pode ser um possibilidade a qualquer dia', declarou o treinador merengue

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2021 | 11h51

Em meio a um futuro incerto no Real Madrid, Zinedine Zidane pode estar próximo de dar adeus aos merengues. O técnico multicampeão de 48 anos admitiu a possibilidade de assumir a seleção da França em recente entrevista. Seu posicionamento ocorre após o presidente da Federação Francesa de Futebol o indicar como sucessor preferido de Didier Deschamps.

O Real Madrid não vive boa fase, o que só alimentou as especulações da saída de Zidane do comando do time nas últimas semanas. No Campeonato Espanhol, a equipe está a oito pontos do líder Atlético de Madrid. Além disso, sofreu recentes derrotas e eliminações: para o Alcoyano na Copa do Rei e para o Athletic Bilbao na Supercopa Espanhola.

O futuro de Zidane é bastante incerto. Se por um lado ele reafirma seu foco em dirigir os merengues, pelo outro não garante sua permanência na próxima temporada. "Minha relação com Noel Le Graet (presidente da FFF) é boa", afirmou. "Nós nos conhecemos desde 1998", disse o técnico em entrevista neste sábado, véspera do jogo com o Valencia.

"Pode ser o objetivo um dia", declarou Zidane sobre assumir a seleção francesa. "Eu já disse antes, quando comecei a treinar há 10 anos, que isto é algo que pode ser um possibilidade a qualquer dia. Agora, estou aqui", fez questão de enfatizar. "Estou aproveitando o que estou fazendo aqui. Nos futuro nós veremos, nunca se sabe. Mas minha cabeça está no dia-a-dia do Real Madrid".

Presidente da entidade que comanda o futebol francês, Noel Le Graet já declarou recentemente que o atual comandante do Real Madrid é o seu preferido para assumir o time nacional e atual campeão do mundo. "Se Didier (Deschamps) sair e eu continuar aqui, a primeira pessoa que eu veria seria o Zidane", declarou o dirigente, que está no cargo desde 2011. "Eu tenho boa relação com ele", enfatizou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.