Técnico do Santos aprova estreia do jovem atacante André

No lugar do suspenso Kleber Pereira, jogador fez o primeiro gol da vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense

30 de agosto de 2009 | 19h49

Autor do primeiro gol do Santos na vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense, o atacante André encheu os olhos de Vanderlei Luxemburgo. O técnico aprovou a estreia do jovem, até então, uma aposta para a vaga do suspenso Kleber Pereira.

 

Veja também:

linkJOGO - Leia como foi Santos 2x0 Fluminense 

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Para a entrada de André, Luxemburgo barrou Neymar, querido pela torcida e uma das grandes revelações do time da Vila Belmiro nos últimos anos. E o técnico não se arrependeu. Gostou da movimentação do camisa 9 e disse que, se continuar assim, tem chances de seguir na equipe.

 

"Ele [André] é muito jovem, mas atuou bem hoje. Ele faz uma parede muito boa, que ajuda os companheiros de equipe. Demonstrou que tem condições de continuar com as boas atuações no time principal do Santos", disse Luxemburgo.

 

André, de apenas 18 anos, foi formado pela Cabofriense, mas chamou atenção mesmo na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Os cinco gols marcados na competição fizeram Luxemburgo puxá-lo para o profissional.

POUPADO DAS CRÍTICAS

E Luxemburgo ainda poupou o também jovem Alan Bahia das críticas. O volante entrou no intervalo do jogo no lugar do cansado Emerson, que fazia sua estreia na Vila, e foi substituído aos 27 minutos da etapa complementar.

"Tirei o Alan porque achei que estava um pouco perigoso ele ficar em campo. O menino tinha recebido o cartão amarelo e fiz a troca para preservá-lo. Aquele período de instabilidade do time não passa pela entrada dele, mas sim pelo desacerto no meio-de-campo", explicou o comandante.

 

Com o resultado da 22.ª rodada, o Santos subiu para a nona colocação, com 32 pontos. O próximo compromisso do time é o clássico contra o Corinthians, quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu.

(alterado às 20h00 para acréscimo de informação)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.