Ivan Storti/Santos FC/ Divulgação
Ivan Storti/Santos FC/ Divulgação

Técnico do Santos promete jogo com 'outras características' no Pacaembu

Dorival Júnior tem 10 dias de preparação para volta das quartas do Paulistão

O Estado de S. Paulo

02 de abril de 2017 | 07h00

O técnico Dorival Júnior terá dez dias para trabalhar e corrigir as falhas cometidas pelo Santos na derrota para a Ponte Preta por 1 a 0, no Moisés Lucarelli, na partida de ida das quartas de final do Campeonato Paulista. E ele acredita que será tempo suficiente para preparar o time para um desfecho diferente no jogo de volta.

"Temos de trabalhar e jogar com a desenvoltura que sempre tivemos, não tenho dúvida de que teremos um jogo com outras características dentro do Pacaembu", afirmou. Na avaliação do treinador, faltou concentração, velocidade e criatividade para sua equipe em Campinas, o que não se repetirá no próximo confronto.

O atacante Ricardo Oliveira também confia que, mesmo com a desvantagem, o time da Vila Belmiro conseguirá a classificação às semifinais do Paulistão. "Nós precisamos ajustar algumas coisas. A proposta deles era sair no contra-ataque e não conseguimos achar os espaços necessários. É um placar que a gente jogando, dentro da nossa necessidade, consegue reverter", disse.

E o zagueiro David Braz espera contar com o apoio dos torcedores para dar a volta por cima. "Vamos trabalhar e tenho certeza que, com a nossa torcida apoiando, nós vamos conseguir a classificação." A venda de ingressos começa neste domingo, às 10 horas, para sócios-torcedores de categorias prioritárias. Para o público em geral, as entradas serão comercializadas a partir de quinta-feira, às 11h, na bilheteria da Vila Belmiro e nos pontos de venda autorizados.  

As equipes voltam a se enfrentar em 10 de abril (segunda-feira), às 20 horas, no Pacaembu. O Santos precisa ganhar por dois gols de diferença para avançar à próxima fase de forma direta, enquanto a Ponte Preta tem a vantagem do empate. Em caso de vitória santista por 1 a 0 no jogo de volta, a vaga será decidida nos pênaltis. O time da Vila Belmiro está há 17 jogos sem perder no estádio paulista.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.