NILTON FUKUDA/ESTADÃO
NILTON FUKUDA/ESTADÃO

Técnico do São Paulo fará curso promovido pela CBF ao lado de Tite

André Jardine vai tirar a chamada Licença Pro, a mais alta certificação de um treinador no País

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

03 Dezembro 2018 | 18h51

A partir desta terça-feira, 4, o técnico André Jardine, do São Paulo, estará na sala de aula. E terá como companheiro de classe ninguém menos do que Tite. O treinador da seleção brasileira será um dos alunos do curso da CBF que certifica os participantes com a chamada Licença Pro, a mais alta certificação oferecida pela confederação em sua academia.

Fundada em 2016, a CBF Academy ministra cursos técnicos que tratam desde a gestão do futebol até questões relativas a marketing esportivo e Recursos Humanos. No caso da Licença Pro, apenas treinadores convidados ou que tenhm atuado nas Séries A e B do Brasileirão podem participar. O curso custa R$ 19.130,00 e tem 370 horas de carga horária.

Muitos profissionais, como Tite, acabam fazendo o curso como forma de aperfeiçoamento, para ter contato com novos cases e estudos do futebol. Também estarão presentes na Granja Comary Mano Menezes, Dunga, Ney Franco, entre outros. O calendário prevê aulas até o próximo dia 14.

Enquanto era auxiliar de Diego Aguirre no São Paulo, Jardine já havia tirado um período para estudar. No fim de outubro, visitou clubes europeus e acompanhou partidas da Liga dos Campeões e da Liga Europa. No último domingo, após a derrota para a Chapecoense, disse que uma das mudanças promovidas por ele em 2019 no time será vista nos treinos: "A cobrança vai ser muito forte. A competitividade vai ser diária. Quem não se adaptar a isso não vai jogar", garantiu.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.