Técnico do Schalke prorroga folga de Rafinha no Brasil

O técnico Felix Magath permitiu a prorrogação do período de descanso do lateral Rafinha no Brasil ao não solicitar o retorno do jogador para defender o Schalke 04 na partida contra o Colônia, domingo, pelo Campeonato Alemão.

AE-AP, Agencia Estado

10 de setembro de 2009 | 18h08

"Eu permiti que Rafinha permaneça mais tempo em sua terra natal para cuidar de seus negócios", disse Magath. O treinador afirmou que o brasileiro ficou "totalmente deprimido" depois da derrota por 1 a 0 para o Freiburg, em que foi vaiado pelos torcedores, revoltados com a possibilidade de Rafinha deixar o clube.

O lateral, porém, permaneceu no Schalke. Magath culpou o empresário de Rafinha pela confusão e disse que a situação "foi corrigida". O treinador disse que Rafinha deve trazer sua família para Alemanha e "acredito quando ele diz que quer fazer um novo começo", finalizou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSchalke 04Rafinha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.