Técnico dos Estados Unidos se desculpa por criticar Beasley

O técnico da seleção dos Estados Unidos, Bruce Arena, desculpou-se publicamente nesta quinta-feira pelas críticas que fez ao jogador DaMarcus Beasley logo após a derrota da sua equipe para a República Checa, por 3 a 0, na partida inaugural do grupo E.Ele garantiu ainda que não ficaram pendências pelas críticas de ambas as partes. "As palavras que eu e DaMarcus utilizamos não deveriam ter sido ditas. Ele nunca foi um problema de nenhum tipo. Lamento não ter nada mais de extraordinário para dizer sobre o assunto".O mal-estar entre os dois começou quando Arena criticou os dois principais jogadores da equipe, Landon Donovan e DaMarcus Beasley, pelo mau desempenho na partida diante da República Checa. Beasley rebateu a crítica dizendo que a tática utilizada pelo técnico, durante o jogo, o forçou a assumir um papel mais defensivo. O treinador rebateu dizendo que esperava que Beasley fosse "homem o suficiente" para entender suas críticas.O próximo compromisso dos Estados Unidos será contra a Itália, neste sábado, em Kaiserslautern.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.