Antonio Calanni/AP
Antonio Calanni/AP

Técnico dos EUA elogia jogadores, mas lamenta virada

Bradley não escondeu a insatisfação pela virada sofrida por sua equipe, depois de abrir vantagem de dois gols

AE, Agencia Estado

28 de junho de 2009 | 18h36

JOHANNESBURGO - O técnico Bob Bradley, dos Estados Unidos, fez questão de elogiar o desempenho de seus jogadores após a derrota por 3 a 2 para o Brasil, na final da Copa das Confederações. Mas o treinador não escondeu a insatisfação pela virada sofrida por sua equipe, depois de abrir vantagem de dois gols no primeiro tempo.

Veja também:

link Brasil conquista a Copa das Confederações pela terceira vez

mais imagens Galeria de fotos da conquista do Brasil

Copa das Confederações 2009 - tabela Classificação

Copa das Confederações 2009 - lista Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Dói muito deixar uma chance como essas passar. Está derrota é realmente dolorosa. Mas espero que tenhamos mostrado para o mundo que temos uma boa equipe, com grandes jogadores", disse o treinador norte-americano.

Após a derrota, Bradley fez questão de enaltecer a evolução do futebol norte-americano nas últimas temporadas, sobretudo desde a criação da Major League Soccer.

"Isso não é algo que aconteceu apenas nos últimos dias. É o resultado de esforços de muitas pessoas, e tem sido muito importante em nossa caminhada rumo ao topo do futebol", afirmou o técnico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.