Reprodução Twitter FBF
Reprodução Twitter FBF

Técnico Eduardo Villegas assume o comando da seleção boliviana

Treinador de 54 anos vai substituir o venezuelano César Farias, que estava no cargo desde maio do ano passado, interinamente

Redação, Estadão Conteúdo

15 de janeiro de 2019 | 16h46

Eduardo Villegas é o novo técnico da seleção boliviana. O treinador vai substituir o venezuelano César Farias, que estava no cargo desde maio do ano passado, interinamente. De acordo com o presidente da Federação Boliviana de Futebol, César Salinas, a contratação se deu pelo apoio popular ao nome do treinador.

"Atendendo a um pedido dos torcedores, está decidido que o professor Eduardo Villegas vai dirigir a seleção", afirmou Salinas, que também destacou os bons trabalhos do treinador no futebol local.

Villegas, de 54 anos, foi campeão boliviano ano passado pelo San José, superando os favoritos The Strongest e Bolívar. Este foi o seu sexto título nacional. "Estou muito animado, eu não esperava, mas vamos trabalhar para a seleção", disse Villegas, que vai dirigir a Bolívia na Copa América, a ser disputada no Brasil, e também nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022, no Catar.

Sua principal missão será colocar a Bolívia em uma posição honrosa no futebol sul-americano. Os bolivianos só ficaram à frente dos venezuelanos nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa da Rússia, em 2018. Em 18 jogos, a seleção venceu quatro vezes, empatou duas e perdeu 12. Marcou 16 gols, mas sofreu 38.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.