Técnico elogia Flu, mas lamenta empate com Corinthians

Cristovão Borges acredita que equipe desperdiçou a chance de marcar mais gols na partida, que terminou em 1 a 1

Estadão Conteúdo

01 Setembro 2014 | 08h57

Cristóvão Borges gostou do desempenho do Fluminense no Itaquerão, no domingo, mas não ficou satisfeito com o empate por 1 a 1 com o Corinthians. Para o treinador, o time carioca desperdiçou boas oportunidades de vencer o jogo em lances de contra-ataques, num duelo direto por uma vaga no G4 da tabela do Brasileirão.

"Foi uma pena não termos conseguido essa vitória. Seria importantíssimo, nós sabíamos disso, mas temos consciência de que fizemos um grande jogo. Não apenas o Fluminense. Com o estádio cheio, as duas equipes mostrando um futebol de nível, isso para nós que trabalhamos no futebol é agradável", avaliou o treinador.

Mesmo jogando fora de casa, o Fluminense saiu na frente com um gol de pênalti de Fred. No entanto, sucumbiu à pressão do Corinthians no segundo tempo e acabou cedendo o empate. Cristóvão reconheceu que a entrada de Renato Augusto no meio-campo do rival alterou o panorama da partida.

"Jogando com essa força seria normal que o Corinthians pressionasse porque se trata de uma grande equipe. A entrada do Renato Augusto dificultou bastante. Eles estavam perdendo, adiantaram a marcação. Nós tínhamos o contra-ataque e poderíamos ter feito gols", lamentou.

O empate manteve o time paulista dentro do G4 - justamente em quarto lugar - e o Fluminense em quinto, com 30 pontos, dois abaixo do rival. Sem avançar na tabela, a equipe carioca já pensa na próxima rodada, quando terá pela frente o líder Cruzeiro, no Mineirão. Antes disso, porém, vai encarar o Goiás, fora de casa, pela Copa Sul-Americana, na quarta-feira.

"Para o Fluminense, o ideal era que não tivesse nenhuma partida [no meio de semana], independentemente do adversário. O ideal era não ter partida para podermos nos preparar para o domingo. Passamos por isso na semana passada e jogamos na quinta. Agora tem o agravante da viagem. A equipe está bem, responde bem e tem força suficiente para conseguir a classificação lá. Não tenho dúvida também que contra o Cruzeiro, no Maracanã, será uma grande partida", projetou.

Mais conteúdo sobre:
futebol Fluminense Cristóvão Borges

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.