Técnico espanhol comemora, mas reconhece facilidade

O técnico da Espanha, Vicente Del Bosque, comemorou a goleada sobre a Nova Zelândia, neste domingo, em sua estreia na Copa das Confederações, mas reconheceu as limitações do adversário, considerado o mais fraco da competição.

AE, Agencia Estado

14 de junho de 2009 | 19h25

"Começamos bem o campeonato, mas temos de reconhecer as facilidades que nos concedeu a equipe adversária", afirmou o treinador, mantendo a humildade, apesar do placar de 5 a 0. "Fizemos um bom primeiro tempo. Mas não temos que acreditar que somos os melhores porque a partida foi enganosa", destacou.

Destaque da partida, com três gols em 16 minutos, o atacante Fernando Torres festejou a boa estreia espanhola. "A verdade é que a goleada é um grande incentivo ao time logo no início da competição", declarou o agora artilheiro da competição. "Foi uma grande estreia para a equipe e os três gols vieram em um grande momento".

Motivado pelo placar elástico, Torres previu uma boa atuação na competição, prévia da Copa do Mundo. "Depois de sofrermos todos esses anos agora é o momento de aproveitar", disse, se referindo ao status de eterna promessa da Espanha, que acaba amarelando nos momentos decisivos. "Esta geração ainda terá muitos anos e vamos tentar seguir conquistando títulos", avisou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.