Ricardo Duarte / Internacional
Ricardo Duarte / Internacional

Técnico exalta inteligência do Inter em vitória e bom momento vivido pelo time

Odair Helmann também celebra primeira vitória do time na Arena Independência

Estadão Conteúdo

07 Agosto 2018 | 09h44

O técnico do Internacional, Odair Hellmann, não escondeu a sua empolgação ao comentar a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético Mineiro, conquistada na noite desta segunda-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte, onde o time gaúcho se garantiu na terceira posição do Campeonato Brasileiro, com 32 pontos, apenas três atrás do líder São Paulo e a dois de distância do Flamengo, segundo colocado.

O treinador exaltou a atuação exibida pela sua equipe para superar os atleticanos em um jogo que ficou marcado por forte chuva de granizo, que chegou a paralisar o confronto que fechou a 17ª rodada da competição nacional. E ele deixou claro que o triunfo também é fruto do bom momento vivido pelos seus comandados.

"Além dos três pontos, o que me deixa muito feliz é a forma como o time encarou a partida. É preciso valorizar os jogadores. Alguns não puderam entrar e outros entraram muito bem. Estão mantendo o mesmo nível de competição, qualidade, com característica diferente, isso tudo me deixa feliz. Além dos três pontos e do grupo dos dar uma resposta, o que me deixa feliz é a performance e a inteligência com que a gente fez esse jogo", afirmou o comandante.

Hellmann também enalteceu o fato de que não é fácil bater o Atlético no Independência e lembrou que a sua equipe soube conviver com a pressão diante de um adversário que tinha a chance de ultrapassar o time colorado no Brasileirão, mas que acabou sendo derrotado e estacionou nos 27 pontos e seguiu na quinta posição.

"O Internacional não havia conseguido vencer neste estádio, e nem contra Cruzeiro e nem contra o América-MG, o que demonstra como é muito difícil jogar aqui. Ainda mais enfrentando um jogo em que o Internacional estava enfrentando um time que estava jogando para passar você na tabela", enfatizou.

O comandante também comentou o fato de que chegou a ser visto comemorando o triunfo desta segunda-feira em uma ligação telefônica aos seus familiares, cujo peso para esta vitória também foi destacado por Hellmann.

"Liguei para minha esposa e meus filhos que ficaram rezando em Porto Alegre. Essa vitória é para eles também, passam por um perrengue comigo nas madrugadas vendo jogo (reprises de partidas para analisar os adversários do Inter). Dizem que o pai só pensa em futebol, mas eles também nos fortalecem em casa", ressaltou.

Após o triunfo na capital mineira, o Inter agora terá quase uma semana inteira para se enfrentar para o seu desafio seguinte, pois só voltará a jogar na próxima segunda-feira, às 20 horas, contra o Fluminense, no Maracanã, pelo fechamento da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.