Técnico fecha portões e não confirma time do Botafogo

Como é tradição em véspera de clássicos, o técnico Caio Júnior fez mistério no Botafogo. Ele manteve em sigilo sua escolha para a substituição de Elkeson, suspenso do jogo contra o Flamengo, domingo, no Engenhão. Em quase uma hora de atividade a portões fechados, o treinador testou formações táticas e opções para substituir o artilheiro do time no Brasileiro, com oito gols.

AE, Agência Estado

16 de setembro de 2011 | 19h06

Ao longo da semana, o que se pôde observar é que Felipe Menezes deve ser o escolhido. Mas Everton e Lucas Zen também são opções. O último sendo uma alternativa mais defensiva, às vezes utilizada pelos técnicos em partidas deste nível de equilíbrio e tensão.

"O Felipe tem um jogo mais cadenciado. Ele segura mais a bola, pode dar uma enfiada. O Elkeson é mais de explosão. Felipe é um jogador de muita qualidade. Espero que possa dar muita sorte contra o Flamengo", comentou o volante Marcelo Mattos, indicando que a preferência é mesmo pelo meia de mais toque de bola e qualidade nos passes.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoCaio Júnior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.