Técnico garante que fica no Flamengo

Enquanto no Vasco o clima era de alegria neste domingo, no Flamengo, a incerteza quanto o futuro do clube era o tema predominante. Após a derrota por 3 a 1 para o rival e a conseqüente eliminação do Rio-São Paulo, o técnico João Carlos afirmou que não pretende deixar o cargo e já fez planos para a próxima partida pela Taça Libertadores da América, contra o Universidad do Chile, na quarta-feira. ?Amanhã (11) já estarei treinando o time para o jogo contra os chilenos. Vamos tentar acertar a equipe e resolver alguns problemas defensivos?, disse João Carlos, que elogiou a atuação do time e lamentou as oportunidades perdidas. ?Terei pelo menos o reforço de Athirson (lateral-esquerdo) e Fernando (zagueiro), que já se recuperaram de contusão. Precisamos da vitória e se perdermos ou empatarmos será fatal.? Depois de seu primeiro confronto contra sua antiga equipe, o meia rubro-negro Juninho Paulista pediu aos companheiros que esqueçam a derrota e se concentrem na Libertadores. O atleta afirmou não ter se incomodado com as vaias dos torcedores vascaínos, fato que considerou ?normal?.

Agencia Estado,

10 Março 2002 | 21h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.