Técnico Geninho lamenta desfalques no Atlético-PR

O torcedor do Atlético-PR tem tido dificuldade para decorar a equipe titular de seu clube neste Brasileirão. Pior ainda para o técnico Geninho, que viu as contusões e suspensões se multiplicaram desde que assumiu o comando. Nesta quinta-feira, contra o Vasco, em São Januário, novamente o treinador tem muitos problemas para escalar o time que começa jogando, e o fato é lamentado por Geninho."Está se tornando quase uma rotina ter que mudar a equipe. Desde que cheguei não consegui repetir o time, porque além dos cartões temos as lesões também. Mas o grupo entendeu que todos são titulares e terão chances", disse o técnico, tentando amenizar o efeito negativo dos quatro desfalques. Em relação à equipe que venceu o Cruzeiro, no último sábado, os atacantes Rafael Moura e Geílson, assim como o volante Renan e o zagueiro Rafael Santos não jogam.Geninho ainda definiu os substitutos, que entram em todos os setores da equipe. No entanto, o técnico ressaltou que a vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, na Arena da Baixada, deu ânimo especial ao Atlético na luta contra o rebaixamento. "Trabalhar em cima de um resultado positivo é sempre mais prazeroso do que trabalhar com derrota. Estamos motivados e consciente das dificuldades que teremos pela frente, mas o astral está muito bom."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.