Técnico Gregorio Manzano deixa comando do Sevilla

A diretoria do Sevilla anunciou nesta quarta-feira a saída do técnico Gregorio Manzano, que classificou o time para a próxima Liga Europa, ao fim do Campeonato Espanhol. O treinador não conseguiu renovar seu contrato com o clube e se despediu da torcida em entrevista coletiva.

AE, Agência Estado

25 Maio 2011 | 11h30

"Tive uma reunião com o presidente e o diretor esportivo que me informaram que não iriam estender o meu contrato", revelou o treinador, que substituiu Antonio Alvarez na sexta rodada do Espanhol, no ano passado. "Se os resultados não são suficientes, eu só posso respeitar a decisão deles e desejar boa sorte", comentou.

Decepcionado com a decisão da diretoria, Manzano agradeceu o apoio recebido enquanto esteve à frente do time. "Quero agradecer a todo o elenco, ao departamento médico e aos auxiliares", declarou. Marcelo Bielsa, ex-técnico da seleção da Argentina e do Chile, é o nome mais cotado para assumir o comando do Sevilla.

Manzano não foi o único técnico a perder o emprego no futebol espanhol nesta quarta. O Real Sociedad também anunciou a demissão do seu treinador, o uruguaio Martin Lasarte, após escapar do rebaixamento na última rodada do campeonato. Lasarte foi o responsável por levar o time para a Primeira Divisão na temporada passada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.