Técnico indica que Anelka quer se aposentar agora

Considerado o segundo jogador mais caro da história do futebol na soma de todas as suas transferências, Nicolas Anelka está prestes a se aposentar. Nesta sexta-feira, após um dia de especulações, o técnico dele no West Bromwich, Steve Clarke, afirmou que o francês pensa em parar depois da morte do seu agente, Eric Manasse, na quinta.

AE, Agência Estado

23 de agosto de 2013 | 08h56

O francês, de 34 anos, passou por diversos grandes clubes na carreira, como Paris Saint-Germain, Arsenal, Real Madrid, Liverpool, Manchester City, Chelsea e Juventus, e nesta temporada se aventura no pequeno West Bromwich.

Depois de passagens sem sucesso pela China e pela Juventus, Anelka voltou ao futebol inglês e estreou jogando 83 minutos no fim de semana. Mas, na quinta, o jogador deixou o treino da equipe mais cedo ao saber da morte daquele que vinha sendo seu empresário e afirmou que pensava em se aposentar.

"Obviamente Nicolas perdeu um grande amigo, que morreu de repente. Tive uma breve conversa com ele (Anelka), e ele não estava bem. Assim, o clube decidiu apenas dar-lhe um pouco de tempo para ir embora e pensar sobre o seu futuro", explicou Clarke nesta sexta.

O treinador revelou que Anelka disse a diversas pessoas no clube que ele desejava se aposentar. Mas o treinador pediu para o francês pensar duas vezes. "Eu não vou negar que ele usou essas palavras na conversa que tivemos com ele. Mas nós lhe demos tempo para pensar sobre isso e eu não acho que nós não poderíamos fazer mais nada nessas circunstâncias."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolNicolas Anelka

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.