Técnico Macuglia precisa vencer para seguir no Coritiba

O jogo desta quarta-feira, às 20h30, contra o Caxias (RS), no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, é decisivo tanto para as pretensões do Coritiba na Copa do Brasil quanto para a manutenção do técnico Guilherme Macuglia no comando da equipe. A demissão do técnico já chegou a ser cogitada depois do empate por 2 a 2 com o Iguaçu, domingo, pelo Campeonato Paranaense. Mas sua permanência foi garantida pelo menos até este jogo. O Coritiba precisa vencer para continuar na competição, pois na primeira partida o Caxias venceu por 2 a 1. Naquela ocasião, até mesmo o presidente do clube, Giovani Gionédis, criticou abertamente a escalação do time e a atuação dos jogadores. No treino coletivo desta terça, Macuglia retirou os jogadores mais jovens, como Pedro Ken, Carlão, Keirrison e Marlos, e optou por um time mais experiente, além de mudar o esquema, passando a atuar com três zagueiros. Fora do jogo pelo Paranaense por suspensão, o goleiro Marcelo Bonan deveria ser barrado também para este jogo, mas preferiu deixar o clube. Quem chegou foi o lateral Anderson Lima, mas ainda não tem os documentos legais para atuar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.