Técnico muda Atlético-MG na Copa do Brasil

Procurando apagar a má impressão deixada pelos últimos maus resultados no Campeonato Mineiro, o Atlético-MG estréia nesta quarta-feira na Copa do Brasil enfrentando a Catuense, às 21h45, no estádio Antônio Pena, em Catu, na Bahia. O Galo coleciona dois empates e uma derrota nos últimos três compromissos pelo Estadual. Após a derrota por 2 a 1 para o Valério, no último domingo, técnico Paulo Bonamigo decidiu fazer várias alterações na equipe. O time que inicia o jogo desta quarta terá nada menos que seis novos atletas em relação à equipe que iniciou a última partida. Duas alterações foram feitas por motivos médicos. O goleiro Velloso sofreu uma luxação no ombro esquerdo durante o jogo em Itabira e terá de ser submetido a uma cirurgia. Ele deverá ficar afastado por um período de sete a nove meses. O lateral-esquerdo Rubens Cardoso, que sofreu um estiramento na coxa direita, é outro desfalque. Eduardo assume o gol alvinegro e Michel entra na vaga deixada pelo lateral. As outras quatro alterações foram definidas por Bonamigo com base em critérios técnicos e táticos. O treinador sacou o lateral-direito Alex, o atacante Márcio Santos e os meio-campista Márcio Araújo e Juninho Cearense para as entradas de Carlinhos, Renato, Tucho e Wagner, respectivamente. Bonamigo espera uma nova postura do Atlético diante dos baianos e até uma vitória por dois gols, o que evitaria a segunda partida, em Belo Horizonte. "Em Copa do Brasil tem que ser um time prático, objetivo, sabendo que é tiro curto e que é preciso ser uma equipe eficiente, principalmente fora de casa. O ideal é fazer a diferença por dois gols", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.