Técnico Muricy Ramalho dispara contra confiança do Palmeiras

São-paulino debochou das declarações que diziam que adversários tinham 70% de chances de vencer o clássico

Redação,

14 de outubro de 2008 | 13h37

A confiança do Palmeiras para o clássico deste domingo, 19, no Palestra Itália, não repercutiu bem no treino do São Paulo. Nessa terça-feira, palmeirenses chegaram a dizer que o time tinha 70% de chances de vencer o jogo, válido pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Muricy Ramalho não perdeu a chance e disparou contra as declarações do adversário.   Veja também:Artilharia dividida é arma do São Paulo em clássico Rogério Ceni afirma que não teme jogar no Palestra Itália Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão   "Sobram 30% ainda. Está bom. 70% para eles e 30% para a gente", disse rispidamente Muricy Ramalho, debochando da confiança dos adversários. "Eu estou preocupado em trabalhar meu time para o clássico", emendou.   Muricy Ramalho ainda o exemplo do Flamengo, na última rodada do Brasileirão. Depois do presidente do clube carioca, Márcio Braga, ter dito que o hexacampeonato iria para a Gávea, o time foi goleado por 3 a 0 pelo Atlético-MG, em pleno Maracanã.   "Domingo tivemos o exemplo do Flamengo que tomou de três. Cada time faz o seu trabalho da melhor maneira possível para ganhar", lembrou o técnico são-paulino. "Meu time, para mim, está 100% e é o favorito".   O Palmeiras é o vice-líder do Brasileirão, com 54 pontos, dois a menos que o líder Grêmio. Já o São Paulo ocupa a quarta colocação, somando 52 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.