Arquivo/AE
Arquivo/AE

Técnico Muricy Ramalho quer conter empolgação no Palmeiras

Para o jogo de sábado contra o Atlético-PR, time não terá Cleiton Xavier, Armero e Danilo; Wendel é dúvida

Redação,

24 de setembro de 2009 | 09h41

O técnico Muricy Ramalho quer conter a empolgação dos jogadores do Palmeiras após a boa vitória fora de casa sobre o Cruzeiro por 2 a 1, resultado que garantiu ao clube três pontos de vantagem sobre o São Paulo na tabela do Campeonato Brasileiro (47 a 44).

 

Veja também:

linkJOGO - Leia como foi Cruzeiro 1x2 Palmeiras 

linkPalmeirenses exaltam vitória de 'campeão' sobre Cruzeiro

especial MASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especial Visite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

De acordo com Muricy, o jogo no Mineirão pode significar uma arrancada rumo ao título. No entanto, o treinador quer que os jogadores atuem com a mesma seriedade diante do Atlético Paranaense, neste sábado, no Palestra Itália.

 

"Os jogadores têm de saber que ganharam um jogo, mas que terão uma pedreira pela frente no sábado", explica o treinador. "Vou cobrar eles ao máximo para que não se empolguem. Temos de ter calma e saber que temos limitações."

 

Contra o Atlético-PR, o Palmeiras terá problemas. Cleiton Xavier e Armero, suspensos, ficarão fora. O lateral-direito Wendel sofreu uma pancada na mandíbula (suspeita de fratura) e também pode ficar de fora.

 

"É complicado perder jogadores", lamenta Muricy. "Mas estou conhecendo o grupo aos poucos. O que chama a atenção é que a equipe aceita com tranquilidade as cobranças e o trabalho. Vamos colocar o que é fundamental em campo para vencer."

 

O Palmeiras lidera o Campeonato Brasileiro há 12 rodadas. A partida contra o Atlético-PR acontecerá as 18h30 deste sábado - em casa, o Palmeiras ainda não foi derrotado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.