Técnico não deve perdoar Argel

O técnico do Palmeiras, Marco Aurélio não quis comentar o fato de o zagueiro Argel - afastado do time após ter discutido com o treinador, recusando-se a ficar no banco de reservas - ter pedido desculpas e demonstrar interesse em voltar à equipe. Deixou claro no entanto que sua decisão deve ser mantida. "Tudo que tinha para ser dito já foi feito. Não há mais o que se falar," disse ele.Nem um pedido, feito por alguns membros do elenco, fez com que o treinador mudasse de atitude. "Pedimos para que ele perdoasse o Argel, pois seu retorno ajudaria muito a equipe", disse Galeano. Alex e Sérgio também engrossaram o coro, pedindo a volta do zagueiro. O elenco palmeirense ficou completo hoje, com a reapresentação de Alex e Marcos, ausentes na segunda-feira. O meia foi resolver problemas particulares no Sul e perdeu o vôo para São Paulo. Já o goleiro, teve problemas com seu carro, que quebrou na Castelo Branco. Ambos conversaram com o técnico Marco Aurélio. Devem perder o dia de serviço e pagar a caixinha dos jogadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.