Técnico polonês nem pensa em próximo adversário

Pawel Janas, técnico da Polônia afirmou se sentir "muito mal" pela quase eliminação de sua equipe na derrota de 1 a 0 para a Alemanha, nesta quarta-feira, em Dortmund. A Polônia já havia saído na fase inicial da Copa de 2002. "Um gol já nos descontos da partida nos tirou qualquer possibilidade de tentarmos continuar na Copa do Mundo. Isso me fez sentir muito mal", declarou o treinador visivelmente abatido. Desmotivado, Janas nem sequer falou sobre o próximo adversário de sua seleção, a Costa Rica. "É muito difícil pensar na próxima partida estando praticamente eliminado. Por causa de um erro no final da partida, todas as nossas aspirações acabaram", concluiu o treinador, que ainda criticou o ataque, que não marcou gol nos dois jogos do Mundial.Para se classificar às oitavas-de-final da Copa da Alemanha, a Polônia precisa de quase um milagre após perder em sua estréia para o Equador e nesta quarta-feira Pasa os donos da Casa. O Equador joga por sua classificação na quinta-feira contra a fraca Costa rica, em Hamburgo. À Polônia resta torcer por uma boa vitória dos os caribenhos e só aí tentar buscar a vaga contra a equipe treinada pelo brasileiro naturalizado costarriquenho, Alexandre Guimarães.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.