Uefa
Uefa

Técnico quer Alemanha paciente para furar retranca grega

Joachim Löw afirma que time não pode desperdiçar as chances criadas para conseguir a classificação à semifinal da Eurocopa

estadão.com.br,

21 de junho de 2012 | 15h56

GDANSK - A seleção grega chegou à segunda fase da Eurocopa com seu estilo de jogo característico, de muita marcação e pouca inspiração no ataque. Ciente disso, o técnico da Alemanha, Joachim Low, declarou que sua equipe precisará de muita paciência para ultrapassar a retranca adversária na partida desta sexta-feira, em Gdansk, pelas quartas de final.

"Nós criamos chances e vamos criá-las contra a Grécia, mas teremos que correr muito", comentou Low. "Quando se tem pela frente dez homens atrás da bola, é difícil conseguir penetrar. Estaremos mordendo pedra e precisaremos de paciência" completou.

Para conseguir a vitória, o treinador confia na força da torcida, já que Gdansk é muito mais perto da Alemanha do que da Grécia, principalmente após a eliminação da anfitriã Polônia, que sedia a competição com a Ucrânia. "Estamos muito ansiosos para jogar uma partida em casa. É um caminho curto (da Alemanha) até o estádio", disse.

Grande favorita para o confronto, a Alemanha ainda tem a seu favor a suspensão de Giorgos Karagounis, capitão e um dos principais jogadores da Grécia, que não poderá estar em campo nesta sexta. "Quem entrar no lugar dele estará tão motivado quando, mas sua ausência pode atrapalhar a Grécia", admitiu Low.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEurocopaAlemanhaJoachim Low

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.